Pages

terça-feira, janeiro 29, 2008

Simples atitutes... Ótimos resultados...

Dormir... é algo que não tenho problemas. Toda vida fui de dormir cedo e acordar cedo. Aliás, sempre fui muito mais dorminhoca do que baladeira.

São raros os dias que próximo das 22:00 hrs eu já não esteja na cama, ou pelo menos me preparando para ir.

Uma boa noite de sono é fundamental para "recarregarmos as baterias". Embora muitos de nós procuramos ter uma boa qualidade de vida, é fácil encontrar muita gente com "a bateria arriada".

Quantas vezes ouço pessoas me dizer: "Nossa Jacke, isso é coisa de velha. Velho é que dorme com as galinhas!". É verdade, eu durmo com as galinhas sim!

Mas acredito que eles mal sabem, que quando dormimos, nosso organismo produz os hormônios do crescimento que proporcionam o rejuvenescimento e a renovação celular. Podemos concluir que, as pessoas que não dormem bem ENVELHECEM MAIS DEPRESSA.

Claro, se eu tivesse condições de dormir mais tarde e acordar mais tarde, ótimo! Mas minha vida é como a da maioria das pessoas. Logo cedo já tenho inúmeras responsabilidades, portanto, para que eu possa ter no mínimo 7 à 8 hrs de sono, eu preciso dormir cedo.

Vejam pelas crianças. Tenho dois exemplos em casa: Clara e Pedro. Tem uma energia foram do comum. Não param um minuto. Usam baterias alcalinas recarregáveis. E por que são assim? Por que dormem bem. Quando "a bateria" começa arriar, eles sabem como deixá-las novinha em folha.

E para nós corredores, que temos objetivo de melhorar o desempenho num treino ou numa prova, entre muitas coisas, dormir é fundamental. O sono no caso dos atletas, não se restringe somente ao caráter recuperativo, mas também a assimilação do organismo do atleta ao treinamento. É durante esse processo que o corpo realiza as adaptaões necessárias para que haja a melhora no condicionamento. Sem descanso, não há melhora.

Bons sonhos!

3 comentários:

Jorge disse...

-------\\\\|/-------
------(@@)-------
-ooO--(_)--Ooo—
Bom dia corredora, muito boa essa matéria sobre o sono Parabéns é isso aí, quando se quer conseguir alguma coisa tem que ser disciplinada.
Gostei do momento que vc falou das baterias recarregáveis...rsss...
Lembrei o que o Nadais falou para vc noutro dia sobre o seu relógio e recebi uma piada do meu amigo no Orkut K-Du e estou repassando eu gostei...

O VENCEDOR DA CORRIDA
DOIS AMIGOS SE ENCONTRAM:
CARAMBA!
- DIZ O PRIMEIRO - QUE RELÓGIO LEGAL VOCÊ COMPROU, HEIN? NÃO COMPREI NÃO...
- RESPONDE O AMIGO - GANHEI EM UMA CORRIDA!
QUE LEGAL, CARA! E QUANTAS PESSOAS PARTICIPARAM DESSA CORRIDA?
TRÊS!...SÓ ISSO?...É...EU, O ANTIGO DONO DO RELÓGIO E UM POLICIAL!
Rssss...
Bons treinos amiga.
www.jmaratona.blogspot.com
Um abraço
JORGE CERQUEIRA

Lénia disse...

Oi Jacke,

Concordo plenamente consigo. De facto dormir 7-8 horas é fundamental tanto para o bem estar físico como mental.
E a hora de deitar é tb muito importante. Quanto mais cedo nos deitarmos, mais reparador ele é.

O ideal é mesmo dormir entre as 10 horas da noite e as seis da manhã. Infelizmente, não faço isso. Não é que não queira, mas a minha rotina não permite. Para me deitar às 10 horas (como fiz no outro dia), deixo de fazer outras coisas de que gosto (ler, ver TV, namorar). Depois, aqui em Portugal só amanhece depois das 7h30 da manhã, o que não me permite ir treinar sozinha. Mas eu tento seguir um horário saudável, e o meu limite de ir para a cama, são sempre as 11horas. Dentro de umas semanas, os dias vão amanhecer mais cedo e aí vou começar mais cedo.
Mas acho que até não tenho agido muito mal. E a verdade é que cá tb sou criticada por muitos, por gostar de levantar cedo e deitar cedo. Mas que se lixe! Sinto-me bem assim. E esse pessoal devia era seguir a minha rotina, porque de dia é que se vive, segundo as leis da Natureza, a noite foi feita para descansar.

Beijos e um bom final de semana,
Lénia

Luis Augusto disse...

Olá Jack , estou meio sumido mas vivo....

Eu sempre tive muito problema para dormir e nos últimos anos/meses o problema vem se agravando. Atualmente tenho dormido uma média de 3 a 4 horas por noite. Já estou procurando ajuda médica pois estou ficando uma "pilha" com isso.

Beijo
Luis Augusto