Pages

quinta-feira, outubro 11, 2007

Teste ergoespirométrico

Hoje finalmente fiz o teste ergoespirométrico que a professora da academia havia solicitado para eu fazer. Realizei no hospital do coração (HCOR). Olha, recomendo! Achei o atendimento muito bom e senti muita confiança nos profissionais!

E para que serve este exame?

Através do teste
ergoespirométrico, consegue se detectar o VO2 Máximo (capacidade cardiorespiratória máxima da pessoa), o limiar aeróbio e o limiar anaeróbio. Em termos práticos, esse teste mostra em seus resultados, em qual velocidade e qual a faixa de F.C. que o organismo muda do metabolismo aeróbio para o anaeróbio. Esses valores (identificados como LV1 e LV2 ), sendo bem trabalhados durante o treinamento, conseguem otimizar os resultados respeitando o limite de cada um.

E partir dos meus resultados a professora montará um treino de corrida personalizado para mim! Vamos ver se partir daí consigo melhorar um pouco os meus tempos em provas.

Sobre o meu exame... Como foi realizado.

Primeiramente a técnica de enfermagem me colocou sentada diante um aparelho ligado à um computador. Coloquei um tubinho na boca (melhor dizendo, um tubão) e com um negócio semelhante a um prendedor de roupa, ela tampou o meu nariz.

Com todos estes aparatos eu realizei dois exercícios:

1º exercício: Eu tinha que encher todo pulmão de ar, o máximo que eu conseguia. E em seguida soltar tudoooooooooo de uma única vez até não sobrar mais ar algum. E em seguida encher o pulmão novamente ao máximo possível. (O exercício foi repetido 3 vezes).

2º exercício: Eu tinha que ficar respirando como se tivesse super cansada, bem ofegante, respirando e soltando. (O exercício também foi repetido 3 vezes).

Conforme eu realizava o exame, era gerado um gráfico no computador.

Olha, posso garantir uma coisa para vocês, esses exercícios cansam mais do que correr!!!


Depois disso foi a hora da esteira. Com todos aqueles eletrodos e a uma máscara de "extra terrestre" lá fui eu correr. Começa tudo muito lento e a velocidade vai aumentando gradativamente. O cardiologista vai acompanhando cada minuto e velocidade. A enfermeira ia medindo a pressão em alguns determinados instantes do exame.

O mais legal era o médico: "Vamos lá Jacke, excelente. Você consegue. Vaiiii Jacke. Agora é uma prova de 10km... Muito bem". Parecia aquelas pessoas que ficam apoiando em corrida de rua, rs. Tive vontade de rir!

A velocidade máxima que consegui atingir foi 16km/h. No final o médico falou que o exame foi excelente, inclusive comentou mais algumas coisas, mas não lembro mais nada, rs. Mas na semana que vem já estarei com o resultado em mãos!

Bom pessoas, falei demais né? Agora vou descansar, pois amanhã é feriado mas irei participar de uma provinha de 10km: Santos Dumont, organizada pela JJS Eventos.

Depois conto como foi! Enquanto isso, veja mais uns momentos da prova de revezamento que fiz no sábado passado!

4 comentários:

Mayumi Edna Iko disse...

Oi, Jacke:
Parabéns pelo resultado do teste ergoespirométrico! Eu tb fiz no semestre passado, mas no Delboni. Poxa, vc estava bem pertinho de onde trabalho, no HCor! Da próxima vez, vamos combinar de almoçarmos! Já lhe encontrei na rua de casa, e pelo jeito, quase trombo com vc na Paulista! Rsrsrs. Boa prova amanhã! Um bj.

Angela disse...

Muderrrno esse negócio de
'ergo-espirro-técnico' hahahahaha. Ai cara, nem me fale em correr. Tá me dando siricutico de ficar em casa parada!Afffffffff. Hoje acordei e até dancei um pouco na frente do espelho (se o médico sonha!hahaha). Affffffffff, tá mas faltam SÓ 3 semanas pra eu voltar a fazer esportes!

Até lá vou enlouquecer!

Pedro disse...

ô Jack, posta os resultados aqui, to curioso :)

Thiago Rolemberg disse...

Oi Jacke, depois tb quero saber dos resultados, quero ver qual seu VO2!!! rsrsrs
Olha, eu e a Ju estamos tentando ou fazer no Dante Pazzanese ou no HCor. Eu já fiz no CDB e achei meia-boca. Queria fazer com profissionais do esporte mesmo. Depois me diga o que achou do exame.
bjs
Thi