Pages

domingo, agosto 10, 2008

A volta das dores que não foram

As coisas estavam prontas, tudo conferido e nada estava faltando. Eu já estava trocada às 6 horas da manhã para a tão esperada prova do Centro Histórico. Peguei a chave do carro, abri a porta de casa e pensei por alguns minutos. E a decisão foi tomada: Resolvi não ir mais.

Eu tive uma boa razão, embora ainda sinto o pesar de não ter arriscado.

O meu último treino aconteceu há 8 dias atrás: 14km na USP. Treino tranquilo e prazeroso. Mas depois dele senti leves dores na minha perna direita. Foram dores que me acompanharam a semana toda e isso me deixou preocupada.

Com a correria não tive oportunidade de ir ao médico para verificar o que aconteceu de fato, já que depois que voltei a treinar nunca tinha sentido mais nada.

E hoje pela manhã, antes de tomar a decisão de sair ou ficar, andei pela casa e senti aquela dorzinha que vinha de longe... Respirei fundo e tomei coragem de recolocar o pijama e voltar para cama.

E minha intenção não é ficar parada novamente. Portanto considero que foi uma sábia decisão ter me poupado neste 9km.

Uma lição eu aprendi: Ouvir meu corpo.

Dias melhores virão!!!



Feliz dias dos pais à todos os papais! (Especialmente ao meu e ao Henrique - pai dos meus filhos!)


BONS TREINOS!

7 comentários:

Dona Farta disse...

Jacke, querida...

Passo sempre por aqui e acompanho sua "saga" de corredora feliz.
Mesmo não comentando muito (nem sempre tenho o que dizer, já que essa não é a minha praia), estou sempre de olho nas suas novidades, e torcendo muito por ti!
Não é diferente agora! Torço pra que essas dores sejam apenas uma infeliz coincidência que te tirou da prova de hoje, mas que não seja nada mais sério, e que você esteja inteira em pouco tmepo!

Força!

Beijão!

Jorge disse...

Bom minha amiga Jacke, vc está corretissima fizeste bem hein ter ouvido o seu corpo e não correu, sábia decisão. Bom eu hj também corri uma corrida aqui no Rj eu não estava sentindo nada e estava competindo na distância de 15km, quando chegou no 6km eu senti uma fisgada forte na coxa direita que me fez também tomar uma descisão em abandonar a prova, foi uma pena pq estava em 5º lugar na geral, mais tive que parar, também escutei o meu corpo, o negócio agora é Eu e Vc lutar para acabar com essa dor e erguer a cabeça e ir em frente.
Desejo a vc uma boa semana.
JORGE CERQUEIRA

Marildo Nascimento - http://4corredores.zip.net disse...

Valeu menina! gostei da sua maturidade. Ouvir nosso corpo é uma lição que deve ser seguida por todos!
Vc a cada dia vai mostrando ser mais profissional do que imagina! Continua assim que eu me arrisco a dizer que vc vai correr por muitos e muitos anos.
Buscar saúde e qualidade de vida tem de ser a meta de todo corredor.
Um grande abraço e estimo suas melhoras o mais rápido possível.

Eduardo Acacio disse...

Amiga Jacke... vc esta absolutamente certa, e com certeza virão muitas outras provas, adas quais vc participará e se sairá muito bem !!!!

Giovanna disse...

Jacke,
Tomara que não seja nada! Estou torcendo por você. Beijos!

Mayumi disse...

Oi, Jacke:
Espero que a dor não tenha sido nada... que pena vc ter perdido a paisagem do Centro... mas no ano que vem, tem de novo! Quem sabe eu vá com você! Este ano, eu não fui nem para esta e nem para a da VW. No ano passado, participei das duas, pois eram em dias diferentes!
Estou me poupando um pouco (em va´rios sentidos! rsrs), pois tenho os meus treinos puxados... vamos ver até onde vou! Devagar e sempre... mas vou! Rsrs. Até mais! Bjs.

Wladimir Azevedo disse...

Jacke,

sem dúvidas, esta foi a melhor decisão...importante é se sentir bem.

Agora é só correr atrás para saber que dor é esta...

Mas vá com calma... fique atenta ao seu volume de treino. Pelo que lembro você ficou alguns dias de "férias" ... minha humilde visão.

Abcs