Pages

sábado, novembro 24, 2007

Primeiro Triathlon

Por convite do meu amigo Flávio, hoje participei do meu primeiro triathlon em Pirassununga, interior de São Paulo. Tá bom, não realizei sozinha (impossível, pelo menos por enquanto), foi em trio, mas não deixou de ser um triathlon.
Fomos em 4 equipes, diga-se de passagem, o nome das equipes foi um arraso: XUXU1, XUXU2, XUXU3 e XUXU4, rs. Tá bom, confesso que os nomes estavam meio nada haver, inclusive tive um pouco de parcela de culpa na escolha, rs. O Flávio me pediu sugestão de nomes para as equipes e eu estava totalmente sem inspiração. E como eu sempre brinco o chamando de "Xuxu", ele me disse que colocaria este o nome... Ok, aceitei, mas disse que teria que aguardar a "zoação" do pessoal depois né.

Enfim. Combinamos de nos encontrar num posto da Bandeirantes às 7:30 da manhã e de lá seguiríamos todos juntos até o local da prova.

Chegamos em Pirassununga por volta das 10:30, (afinal, quem disse que a galera consegue cumprir horário, rs), retiramos os kits e fomos almoçar. Afinal, saco vazio não para em pé.

Encontramos um restaurante gostosinho. Nosso amigo Cleber resolveu fazer o triathlon sozinho (primeira vez)... o coitado estava tão ansioso que não conseguiu comer! (Amigo, sei bem como é isso, sou igualzinha à vc). Vejam ele aí na foto, no restaurante... Olha a tensão do rapaz!!

Enfim, às 14:30 foi a largada, com o nado. O Rodrigo Tandaya era o nadador da minha equipe. Nadou bem. Entregou o chip para o Henrique e lá foi ele pedalar! Primeira prova que ele participa na vida. 22km num sol infernal... sem sombra, sem água... Realmente é para destruir o combatente, rs.

Eu fui para o posto de transição. Ansiosa. Os ciclistas iam chegando e nada do Henrique. Chegaram todos os ciclistas das equipes Xuxu´s.... só faltava o Cleber que estava fazendo solo e o Henrique.

Olha, eu sou uma pessoa que não sei esperar... Paciência é uma palavra que eu acho que não tem no meu dicionário (infelizmente). Um rapaz da organização foi super atencioso e tentava me acalmar!

Até que chegou uma galera da staff que dizia que só estava vindo mais um ciclista... Foi aí que chegou o Clebão... Pronto... me deu pane... Comecei a falar... "Não, peraí, eu estou esperando o ciclista da minha equipe... "

Perguntei para o Cleber e ele disse que o Henrique estava chegando... Fiquei mais aliviada, mas continuei apreensiva.

O Henrique chegou e eu estava super nervosa... Não me contive e acabei dizendo "Nossa, como você demorou!" Coitado, ele estava esgotado. Só me mandou pegar água e levar.

Fui... estava tão nervosa que puxei logo no ínicio... Não havia marcação nenhuma de kilometragem. Fui me controlando pelo relógio...

Quando eu olho para trás vem uma moto.. Começo a ser "escoltada", afinal eu era a última atleta a correr. Gente, confesso à vocês que a sensação não é nada agradável. Ser o último é ruim. Mas pensei, eu sou amadora, estou aqui por diversão, que se dane tudo isso.

No começo me senti uma perdedora. Mas sabe o que eu aprendi nestes kilometros de corrida? Que perder é ganhar experiência. Parece frase de pessoa fracassada inconformada, mas é sério isso que estou dizendo. A gente não pode ganhar sempre. Sempre tem alguém que vai chegar em primeiro e alguém que vai chegar em último. E a vez de eu ser a última era hoje!

Sendo a última, vi que a prova estava muito bem organizada. Os staffs ficaram até o final, debaixo do sol, até que o último atleta completasse a prova.

Eu fui correndo junto com a moto. Como aquilo estava me incomodando (o que eu posso fazer?) eu acelerei. Mais adiante encontrei uma moça correndo. Ela estava num ritmo extremamente lento. Ela já tinha nadado e pedalado! Não é fácil!

Ela acabou ficando para trás.

O sol estava muitoooooooo quente. Eu comecei a correr às 16:15. Não tinha sombra. Mas embora o calor infernal, no trecho de corrida havia uns 3 ou 4 postos d'água.

Correndo, correndo, correndo. Avistei o Clebão.... Ele estava cansadíssimo coitado. Estava caminhando. Pensei em caminhar com ele mas resolvi continuar na luta e correr.

Olhei para o relógio e pensei. Com certeza está chegando. Já tinha corrido pra caramba e meu relógio já estava marcando 36 minutos de corrida (é o tempo que faço em 6km)... Mas quanto mais eu corrida parecia que longe eu estava da chegada.

Chegou num ponto que eu não sabia por onde seguir. Não tinha indicação... fiquei uns 3 minutos procurando para onde deveria virar... Normalmente quando isso acontece a gente segue o fluxo... mas eu não tinha ninguém para seguir, rs. Até que avistei um cara do quartel, bem de longe me indicando com a mão para onde eu deveria continuar.

E lá fui eu.... enfim ouvi o barulho da organização. Estava chegando. Não acreditei quando vi o local da chegada. A Ju Nanni veio ao meu encontro, mas eu já estava esgotada com o calor. Ela concluiu a prova comigo e me disse: "Jacke, tenho uma coisa para te contar. Você correu 8 km!!!"

Hahaha... É até que meu GPS biológico não estava tão mal assim! Não era possível que estava tão lenta.

Peguei a medalha e cumprimentei a galera. Logo atrás chegou o Cleber e mais duas meninas que acabei ultrapassando.

Eu não faço idéia em quanto tempo nossa equipe concluíu a prova. Eu cronometrei 49 minutos de corrida.

Foi uma experiência super boa. Confesso que vendo a galera completar as três modalidades me deu uma super vontade de também fazer um dia... Mas vamos com calma!!!

Bom, aproveitando eu gostaria muito de agradecer pessoas que estiveram na prova, mas não participaram dela, entretanto, foram fundamentais apoio para todos, principalmente para mim que estava com a Clara e o Pedro.

Fabi, Giulia, Giovanna e Claúdia.... Obrigadão por vocês terem olhados as crianças para mim. Realmente eu não faço idéia de como eu teria conseguido participar sem a ajuda de vocês!!!

Quero parabenizar uma das equipes Xuxu's que pegou terceiro lugar: Thiagão, Valter e PC... vocês são um sucesso!!!


Parabéns à todos os outro em especial ao Clebão que corajosamente resolveu encarar a prova sozinho e ao Henrique que mesmo sem estrutura de bike, treino e experiência deu "a cara para bater".

Amanhã tem mais 10km a ser percorrido.. Prova da Samung - Corpore... amanhã vai ser só brincadeira, rs.

3 comentários:

nadais disse...

minha tri amiga,

parabéns pela experiência.

vamos aprender a nadar e pegar esse toura na unha!

valeu!

nadais

Wladimir Azevedo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wladimir Azevedo disse...

Exclui o comentário anterior para falar mais !! :o)

Triatlon...não é coisa fácil... e eu ainda chego lá !!!

Mas com relação o que você comentou de ser escoltada, estar em ultimo... quero lhe dizer uma coisa, só em ter aceitado o convite, este desafio e ter completado você já é vencedora. Você estava ao lado de um pessoal que compete triatlon de verdade... a minha treinadora Márcia Ferreira levou a equipe dela para esta prova... e vou lhe falar, dá até desespero ver esta galera treinando.. os caras voam.

Parabéns pela prova, pela força e também pela disposição de ainda correr no domingo.

Show !!!
Abcs,
Wladimir