Pages

segunda-feira, setembro 15, 2008

Lendo seu blog...


Hoje me surpreendi com um email que recebi de um velho amigo. Acho que vale a pena compartilhar! Segue sua mensagem e em seguida o fabuloso texto.

"Oi amiga, lendo o teu blog me lembrei deste texto, apesar que posso te garantir você está muito bem"


Opinião de um homem sobre o corpo feminino!

Não importa o quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher. Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção.

Não temos a menor idéia de qual seja seu manequim. Nossa avaliação é
visual, isso quer dizer, se tem forma de guitarra... está bem. Não nos importa quanto medem em centímetros - é uma questão de proporções, não de medidas.

As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheinhas,
femininas... Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fração de segundo. As magrinhas que desfilam nas passarelas, seguem a tendência desenhada por estilistas que, diga-se de passagem, são todos gays e odeiam as mulheres e com elas competem. Suas modas são retas e sem formas e agridem o corpo que eles odeiam porque não podem tê-los.

Não há beleza mais irresistível na mulher do que a
feminilidade e a doçura. A elegância e o bom trato, são equivalentes a mil viagras.

A maquiagem foi inventada para que as mulheres a usem. Usem! Para andar de
cara lavada, basta a nossa. Os cabelos, quanto mais tratados, melhor.

As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas. Porque razão
as cobrem com calças longas? Para que as confundam conosco? Uma onda é uma onda, as cadeiras são cadeiras e pronto. Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão e eu reitero: nós gostamos assim. Ocultar essas formas, é como ter o melhor sofá embalado no sótão.

É essa a lei da natureza... que todo aquele que se casa com uma modelo
magra, anoréxica, bulêmica e nervosa logo procura uma amante cheinha, simpática, tranqüila e cheia de saúde.

Entendam de uma vez! Tratem de agradar a nós e não a vocês. porque, nunca
terão uma referência objetiva, do quanto são lindas, dita por uma mulher.

Nenhuma mulher vai reconhecer jamais, diante de um homem, com sinceridade, que outra mulher é linda.

As jovens são lindas... mas as de 40 para cima, são verdadeiros pratos
fortes. Por tantas delas somos capazes de atravessar o atlântico a nado. O corpo muda... cresce. Não podem pensar, sem ficarem psicóticas que podem entrar no mesmo vestido que usavam aos 18. Entretanto uma mulher de 45, na qual entre na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou está se auto-destruindo.

Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e
sabem controlar sua natural tendência a culpas. Ou seja, aquela que quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em setembro, não antes; quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (não se saboteia e não sofre); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que goste, compra; quando tem que economizar, economiza.

Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de
estrias não lhes tira a beleza. São feridas de guerra, testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos 'em formol' nem em spa.. viveram! O corpo da mulher é a prova de que Deus existe. É o sagrado recinto da gestação de todos os homens, onde foram alimentados, ninados e nós, sem querer, as enchemos de estrias, de cesárias e demais coisas que tiveram que acontecer para estarmos vivos.

Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se!

A beleza é tudo isto.

BONS TREINOS!!!

10 comentários:

Jorge disse...

Jacke, concordo com grau, gênero e número com esse seu colega que lhe mandou o email.
Boa semana e bons treinos.
JORGE

amocorrer disse...

não é preciso dizer mais nada, o cara falou e disse td...é isso ai,abcs.Regis

Dona Farta disse...

AMEIIIIIIIIII o texto!!! Tão sincero, tão encorajador!

O autor é o seu amigo mesmo? Se for, pergunte pra ele se posso publicar no meu Blog também, com os devidos créditos, é lógico!

Agora, sobre você, Jacke, minha opinião é aquela de quando te encontrei no último sábado: Você está linda, magrinha, super em forma... nem dá pra acreditar que é mãe daquele bebezão gostoso, nem dá pra acreditar que você tem 2 filhos! Você está ótimaaaaa! Parabéns!!!

Grande Beijo!

Paulo Massa disse...

Oi Jacke,

tem muita verdade neste texto, os homens não se preocupam tanto com detalhes que as mulheres acham cruciais.

Claro que todo mundo gosta de uma mulher bem cuidada, em todos os aspectos.

Mas as imperfeições naturais de uma mulher são muito mais belas do que as correções artificiais que ela possa fazer.

Me inspirei e fiz até uma frase hehehe...

Bj e boas corridas,

Paulo Massa
http://www.e-corredor.com.br

Harry disse...

Jacke,

Como não sou hipócrita, eu lhe pergunto? Você acredita que os homens pensam assim mesmo?

Vai acreditando!

Harry

Marildo Nascimento - http://4corredores.zip.net disse...

Valeu Jacke belo texto...
O mais importante mesmo é a existência das mulheres...sem elas nós homens não seriamos nada! Sendo assim...
Todas merecem a nossa admiração e respeito independentemente do que for, estar, ser, crer e etc...
Um grande abraço desse seu amigo.
Obs: Vou esse ano(outubro) para o Rio...mesmo sem muito treino, vou para me divertir. Voce vai?Se for precisamos combinar para nos encontrar lá para aquele papo furado de corredor...rsrsrsrs

Ana disse...

ola Jack, td bem?

obrigada pela visita no blog, eu nao desisti dele nao, ele q quase tá desistindo de mim, rs...

seu post é mt interessante. Eu acredito que nós mulheres é q nos cobramos e reparamos umas nas outras em busca da perfeiçao do q os homens, se bem q eles sonham c/ suas "julianas paes".

Qto a corrida da venus, estou bem tentada a ir... apesar de achar o $$ dessas corridas um absurdo, mas estou me viciando e sabe come é... viciado nâo mede grana nem esforços p/ satisfazer seu vício, rs...

bjos e até a proxima

Ms Harkins disse...

Jacke,

amei o texto do seu amigo e gostaria de mandar para minhas irmãs e algumas amigas, posso?

Mas, também concordo com o Harry... Gostei mesmo é de saber que comer com vontade é bom :-))

Um beijo

ana paula pinto disse...

Olá Jackie

Há algum tempo que não vinha aqui.
Li com muito interesse o texto que publicaste. Sou mulher, mas acho que esse amigo tem razão. As marcas são mesmo feridas de guerra. Muito bonito...

Bem, não entro no género de mulheres bonitas. O corpo mudou, mas continuo a caber no vestido dos 18. Paciência...o importante é mesmo sentirmo-nos bem:))

Beijinhos e excelentes corridas
Paula

Ariela disse...

Jacke,
ADOREIIIIIIII
Vou mandar para todas as minhas amigas principalmente aquelas que são viciadas em corpo escultural e vivem dizendo que eu preciso me puxar mais para retomar meu peso, que já faz 1 ano que o Lucas nasceu e eu ainda não voltei aos 56 e estacionei nos 64!!! ( Ai me revolta!!! hehehehe)
bjokas!!