Pages

quarta-feira, abril 02, 2008

Férias nas corridas!


Mal consigo lembrar quanto tempo faz que corri meus últimos 10K! Que saudades de botar meu velho companheiro par de tênis e sair por aí a fora.

Talvez pareça egoísmo da minha parte, mas correr é um momento MEU!
Essa é a minha hora - a hora que eu cuido exclusivamente de mim, relaxo, reflito, dou um tempo para os problemas e por fim, me muno de energia para enfrentar as situações do dia a dia.

Os benefícios e o prazer de correr são tão ingentes que só quem corre é capaz de compreender. Quem não é apaixonado por corrida, com certeza deve achar um tremendo exagero, mas só eu sei o quanto tem sido torturante ter que me privar de algo que gosto tanto.

Hoje pela manhã fui ao ortopedista levar o resultado da ressonância magnética. Ouvi tudo o que não gostaria de ouvir: "Por um fio você não chegou numa fratura por estresse. O remédio agora é repouso durante dois meses. Não deve praticar atividade fisíca alguma neste período".

Saí do consultório completamente arrasada. Fui chorando para o trabalho.

Liguei para a Mônica, minha treinadora e ela me indicou um médico especialista em medicina esportiva e recomendou que eu levasse os exames para que ele fizesse uma avaliação.

Por sorte, consegui uma consulta hoje mesmo. Foi uma consulta extremamente construtiva para mim. Dr. Masseo fez um exame clínico e antes de olhar os exames, já tinha um diagnóstico! Os exames só agregaram para a confirmação. Infelizmente eu estou com fratura por estresse da tíbia.

Ouvir ele dizer isso, foi uma apunhalada. Me deu um nó na garganta que segurei para não chorar na frente dele! Tenho certeza que ele percebeu o quanto fiquei chateada.

Porém ele soube me tranquilizar! Disse que este tipo de lesão é comum e que é uma lesão benigna. Entretanto a cura só vem com a interrupção nas corridas. Não tem jeito! Ele solicitou uma pausa nas corridas por mês e orientou que eu substituisse a corrida por bike, transport, musculação ou corrida na água (deep running).

Confesso que saí desta consulta complemente diferente da maneira que tinha saido do consultório pela manhã! Estava tão traquila, que nem parecia que tinha recebido a notícia de que estou com fratura por estresse.

Fico admirada com pessoas que além de ótimos profissionais, conseguem transmitir confiança no que fazem. O Dr. Masseo é um exemplo deste tipo!

Com o diagnóstico é só cuidar! Vou deixar de correr por um tempo, mas ainda me restará "outra atividade" que adoro fazer! "Compartilhar minhas experiências com vocês!". O blog não entrará de férias junto com a corrida!

Eu tenho plena convicção, que tudo que acontece em nossa vida, tem um propósito. As vezes não conseguimos identifcar de imediato, mas mais adiante a resposta aparece!

BONS TREINOS!

"É um erro confundir o 'desejar' com o 'querer'. O desejo mede os obstáculos, a vontade os vence." --Alexandre Herculano (escritor, historiador, jornalista e poeta português)

21 comentários:

Mayumi disse...

Jacke:
Se vc tivesse postado ontem, pensaria que era mentira, mas... um mês passa rápido. E ainda mais, se vc ainda pode praticar outra atividade como natação, bike, etc., menos mal. Imagine, eu passei 5 meses e meio sem poder fazer absolutamente nada, nem mesmo fazer musculação, muito menos atividade de impacto. Senão, eu poderia ficar cega do olho direito. Eu não tinha escolha: ou eu ficava quieta ou ficava cega de um olho. Ainda, tinha que ficar olhando para baixo, sem poder levantar a cabeça por 3 semanas. Imagina como fiquei tonta depois de levantar a cabeça! Mais do que sou normalmente! Rsrsrs. Mas, isto passa, não morri, perdi fôlego sim, mas recuperei. Como vc disse, correndo a gente pode refletir sobre várias coisas, mas acredite, fazendo uma caminhada, pedalando ou simplesmente olhando para o chão, também pode-se refletir muito, sem ficar estressada! Vamos lá, vamos aproveitar para conhecer outras atividades, também! Como você mesma disse, talvez vc vá saber a razão disso bem depois. Nada acontece assim, por acaso. Um grande abraço! Com saudades!
PS: vá ao meu blog. Postei um agradecimento a vc ontem.

Harry disse...

Oi Jacke,

Quem sabe essa contusão não foi "enviada" a você para que através do seus relatos sintamos as experiências desta fase de aprendizado que você está passando.

Essa nova mensagem que agora você transmite para os leitores: "a pausa" o "off run", é nova.

Lemos vários momentos seus: alegrias, frustações, suor, decepção, garra e etc. E, agora vem essa fase que servirá para todos reflitam de como deve se portar quando deparâmos com as adversidades que devem que ser encaradas de frente.

Adversidade quase todos os corredores já passaram ou passarão em algum dia...

"Dia por dia as estações passam" (Neil Peart).

mafavisi disse...

Oi jacke espero que este mês passe bem depressa e que seja a última lesão que vc tenha, estamos cá para lhe dar força e muito mimo. Realmente 1 mês passa rápido.
Beijão grande e coragem.
Fátima

José Capela disse...

Olá, Jacke

É!!!Eu compreendo perfeitamente tua frustração, ficar privado de correr para quem adora a corrida, é realmente muito, muito duro!

Espero que a minha amiga tenha a paciência necessária de modo a debalar completamente a lesão e tenho a certeza, que ainda vais ter muitas alegrias no mundo da corrida.

Força amiga!!!!

Beijoka

José Capela

Ana disse...

Ola Jack, sinto um pouco do que estás sentindo. Há uma semana comecei a sentir uma dor incomoda no joelho esquerdo, e já fiquei super triste por pensar q teria q dar um tempo nas corridas, algo em que me viciei e apaixonei. Tentei correr bem levinho na segunda e uma dor muito incomoda tomou conta da minha canela esquerda... mesmo c/ dor, completei os 6km. Ainda não fui ao médico, mas estive pesquisando na internet e pelos sintomas pode ser algo chamado canelite... Ontem estava c/ muita vontade de sair correndo por ai... mas mesmo s/ fazer nd, minha canela continuava doendo. Pior q sou muito ansiosa, e desconto essas frustaçoes na comida. Estou comendo horrores! aff... mas força!
Vamos vencer isso. Vamos pegar a bike e gastar calorias e nos inundar de endorfina.
Desculpe-me se usei seu blog p/ desabafar um pouco, ainda continuo c/ problemas e dificuldades p/ escrever no meu.

Mas quero deixar todo meu apoio e pensamento positivo, tenho certeza q logo nós iremos nos encotrar em uma corrida por ai.

bjos

Carlos Lopes disse...

Ola Amiga

Sei que isso, estar tantos dias sem correr..as melhoras

Ricardo Hoffmann disse...

Opa, desejo-lhe forças para vencer essa fase! Receba nossas boas energias. Que bom que o blog não entra de férias!

Reinaldo disse...

Logo logo, vc está de volta! Você é forte sua recuperação será muito rápida.
Já estou com saudades da companhia e VOLTA LOGO hein!
Beijos

amocorrer disse...

Ola Jacke sei com esta se sentindo, estou assim tb. sabe correr é um vicio assim com quem fuma, so que a endorfina da de dez a zero na nicotina. Amiga torço por vc e se for possivel passe o fone desse medico vou la.Torço de coração ´por ti.Regis

Nadais disse...

jackelinda,

acho, pelo que te conheço, que voce já venceu muitos obstáculos, logo acho também que esse é bem pequeno.

do resto, é torcer para que retorne muito muito muito rápido.

valeu!

nadais

Thiago Rolemberg disse...

Jacke, obrigado pela mensagem, saiba que estou sempre torcendo por vc! Estamos juntos nesse barco, uma hora um se machuca, outra hora é a vez do outro, todos passamos ou passaremos por isso enquanto fizermos esses esportes. Hoje te dou apoio, amanhã poderá ser a sua vez de me apoiar. rsrs
O mais bacana é podermos nos ajudar, trocar essas experiências tb é bom para todos dessa comunidade enorme de corredores mundo afora. Quem dera todos fossem assim.
É sempre melhor prevenir do que remediar!
bjs
Melhoras

Anônimo disse...

Sinto muito pela lesão e lhe desejo uma boa recuperação.

Veja este site www.chirunning.com Não é nenhum panaceia é não promete nenhum milagre, mas tem fundamento. Treino com esta tecnica e me sinto muito bem.

Abraços

Andre

Fabiana disse...

Oi Jacke me chamo Fabiana e estou começando neste universo de corrida...e posso te dizer que a Corrida mudou minha vida,não só pelo ato de praticar um esporte,mas como vc bem disse e um "momento MEU!" Com a corrida posso mais e mais.
Que você se recupere logo e volte a brilhar!

Abraços...colocarei seu link em minha pagina e sempre que der virei dar uma olhadinha e te desejar melhoras.

Fabiana

Giovanna disse...

Jacke,
infelizmente corrida e lesões sempre andam juntas. E cabe a nós, corredores, sabermos lidar com elas. Dois meses passam rápido e antes do final de maio você já estará nas pistas.
Boa recuperação!

António Almeida disse...

Jacke
lamento que esteja lesionada mas pode fazer outros desportos como ciclismo ou natação, e tem que continuar aqui com este excelente blog, ponto de passagem e de encontro de tantos corredores.
Força Jacke, ainda vai correr muitos kms.

Marildo Nascimento disse...

Jacke bom dia!
Hoje vim para te animar...rsrs
Vc é uma pessoa muito especial e não merecia esse tipo de situação, todavia... tudo na vida vem sempre para nos fazer refletir e com isso corrigirmos nossos erros.
Procura pensar um pouco sobre as tuas necessidades e verifica que elas são muito maiores que a melhora do teu desempenho. Vc com certeza em breve estara recuperada e voltara a correr alegre e feliz em todas as provas que quiser mas pense sempre em vc em primeiro e mantenha-se em condições físicas de maneira adequada ao seu tipo físico e as suas atividades profissionais. Lembre-se o stress ósseo ocasionou-se em razão do excesso e o stress mental que a gente sofre no dia a dia é muito parecido! Sendo assim pensa em tudo e corrige o teu caminho...o mais importante de tudo é participar feliz e estar com todos. Atinja o seu limite mas com moderação, a final vc tem mais coisas importantes do que a corrida (familia) e não vale a pena preocupar eles né?
Continuo torcendo muito por vc.
Um grande abraço desse seu amigo

julio cordeir disse...

Estou torcendo por você à distância(Recife). Leio teu blog sempre e te admiro muito.Abraços. Julio.

Anônimo disse...

Desde que vc. anunciou a desistência da Maratona, Jack, venho tentando alertá-la: sua treinadora falhou e seu treinador, da equipe em que vc. treina, também...Disse que vc.não é uma planilha, lembra, que aplicam a todos como uma manada de gado. Cada corredor tem caracteristicas diferentes que não respeitaram, no seu caso. Evidente que esse tipo de fratura só acontece porque o treino foi exagerado, a quilometragem que estipularam p/vc. foi demais, a velocidade que definiram para vc. foi demais, o refôrço que deveriam exigir na musculação, para pernas, joelhos, tibidas, panturrilhas, pés - foi de menos. Sen falar de postura, de pisada e diabo a quatro que simplesmente ignoraram. CORRER É MARAVILHOSO, a endorfina é a melhor drogra do mundo, sempre pedimos à Deus saúde para podermos continuar correndo, mas não podemos transformar isso numa poesia. Estamos falando de uma máquina, que é o corpo humano, que tem limites, que precisa ser entendida, respeitada e bem trabalhada. Vejo na Cidade Universitária e no Ibirapuera muitos corredores, novos, falando em altas rodagens, em baixos tempos, correndo juntos e desrepeitando as regras básicas da preparação física...E não adianta dizer: "ah, mas esse cara treinou fulado de tal, que ganhou N maratonas". Cada um é cada um. E eles não respeitam esse cada um. Por que correr distâncias tão grandes sem uma base adequada? por que correr com tanta velocidade sem um preparo adequado? Pode ter vontade, pode ter desejo, pode ter o que mais a poesia popular ou clássica permitir buscar nos googles da vida. Se não fizer um treino direito, se não tiver base, se não trabalhar essa base, não adianta. Desejo que vc. se recupere bem, rápido e que reflita bastante s/tudo isso. Não force mais, procure uma boa base para poder correr melhor e sentir mais prazer. O resto é lorota.

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Jacke

Venho só dar-te uma palavrinha para ver se te animas e não te pões a pensar "bobagens"

Olha, fracturas de stress´, infelizmente sei muito bem o que é. Devidamente diagnosticadas tive 3 ! (sim, três!), e depois de conhecer demasiado bem os sintomas, e os tratamentos a fazer, acho que tive mais outras 3 que curei sem ir ao médico sequer!

E isto aconteceu-me porquê? (ao longo de 10 anos, todas depois da minha filha nascer)

como já se disse aí: aumento de carga repentino e pisos duros, são na minha opinião a sua principal causa.

Depois amiga, tive de perceber porque isto me acontecia, e bem acompanhada por um ortopedista (que já foi atleta, e isso é muito importante, quer se queira quer não, médicos ligados ao desporto têm outra visão para as lesões de pessoas que praticam desporto!)

Fui ver como estavam meus ossos,e tinha osteopenia, que é uma menor densidade do osso do que seria normal. Não chega a ser Osteoporose, mas está perto. Daí tenho uma apetência maior que outras pessoas para as fracturas de stress. Treinos longos, pisos duros, e passar de repente a treinar muito, e está a porta aberta para a fractura - no meu caso.

Chegou-me a acontecer quando me preparava para a Maratona, a 3 semanas dela! Claro que não a fiz. Outra aconteceu em plena maratona, acabei (bem! fiz a minha melhor marca 3h49m e depois fiquei arrumada 2 meses).

É assim amiga, quem tem esta tendência para fracturas (eu tenho, não quer dizer que tu tenhas) já sabe quando a dor é clara: parar, tomar cálcio e fixador de cálcio e evitar movimentos que possam dificultar a cura (Correr e talvez até andar). Em 2 vezes, tive mesmo de andar de canadianas, pois o simples caminhar atrasaria a cura. Não podia por o pé no chão!

Isto será o médico a avaliar. Cada caso é um caso, cada pessoa é única!

Tens de ter paciência. O importante é curares-te! Há outras coisas para fazer! Importante é tratares-te para voltares bem!

Se quiseres espreitar uma dessas minhas "tristes" histórias, podes ler em

http://ascronicasdaana.blogspot.com/

"A Maratona que não fiz"

Um beijinho Jacke, e trata de ti!

Ana - Portugal

angela ribeiro(www.flogao.com.br/amocorrer) disse...

Olá jacke!!!
quero deixar hoje meus pensamentos positivos pra vc.Isso passa e as lições disso serão não só sobre o como deve ser seu treinamento, mas tbém a conhecer melhor seu corpo e se previnir...
Pela "milésima" vez(rs) digo q já passei por isso pq queriam me transformar em ELITE em um mês... Qdo conto meus treinos a profissionais competentes só ouço de imediato: NOSSAAAA!!! E VC AGUENTOU??? Pq,penso q nem no exército seria tão puxado ( digo isso sem exageros)...
Aprendi com isso q realmente quero CORRER POR PRAZER PQ A CORRIDA ME LEVA ONDE EU QUERO... QUERO CORRER NÃO PRA SER MAIS RÁPIDA, MAS PRA IR MAIS LONGE... E, jamais irei me ARREBENTAR por isso.Pq aí o prazer já teria sido desconsiderado...
E, to treinando amiga, pra Maratona de São Paulo..E, sim , pra chegar..o tempo??? Só Deus sabe...rss
QUE ESSE SEU MOMENTO SEJA DE MTA REFLEXÃO PRA VC ( faço minhas as palavras do "anônimo" aí em cima em gênero, número e grau)...
SEI Q VC É VITORIOSA E VENCERÁ MAIS ESSA!!! Ja´está vencendo.
E,já começou por um aprendizado qdo da notícia dos dois profissionais da área médica: HÁ PROFISSIONAIS E PROFISSIONAIS...
Bjus e siga com esse astral, essa determinação pq isso sim lhe pertence..
E.T - lembro sempre de vc aos meus companheiros de corrida por aqui...VC É UM REFERENCIAL PELA PESSOA QUE É E PELA CORREDORA QUE É...

Adriana Frasson disse...

Querida Jacke,

Muita força! Se cuida para voltar logo e não ter uma recaída.
Você faz muita falta.

Beijinho,